quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Salve Nossa Senhora da Assunção!


Minha devoção à Maria Santíssima remonta de pequena quando fui batizada no dia do nascimento de Minha Mãe Amada...
Trabalhei,  como voluntária, na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, hoje Santuário Nacional São José de Anchieta no Espírito Santo...
Foram 8 anos de pura Intercessão maternal... foi  uma missão linda que agregou muitas famílias (3.000)... foi uma das mais nobre e belíssima Missão que Deus me confiou...
Fui tremendamente abençoada!
Foi também neste dia especial que pedi à Nossa Senhora da Glória para ter uma filha menina pois já tinha dois meninos... ela me concedeu esta grande Graça... fechou, com chave de ouro, meu ciclo de maternidade.


No colégio das Irmãs,
Tinha uma gruta,
Em honra à Nossa Senhora de Lourdes,
Atraíamo-nos, como ímãs,
Suplicava sua intercessão materna...

A Mãezinha faz parte dos meus amores...

Há seis anos voltei por lá para revê-la...

Minha Mãe Amada toma conta de mim e por mim tem imenso desvelo...


Eu guardo minha lâmpada acesa para o Senhor!

"Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas." 
(Mt 25,4)





Minha Mãe e eu...



domingo, 6 de agosto de 2017

Catecismo de Nossa Senhora (V)




A maior prova de amor de Jesus pelos homens foi a sua vida, Sofrimento, Morte e Ressurreição. pela sua Vida mostrou-nos que a fraternidade entre nós é possível, pelo seu Sofrimento e Morte, restabeleceu nossa união com Deus, pela ressurreição, Ele permanece vivo entre nós como Caminho, Verdade e Vida.
(Jo 14,1-14)

Jesus permanece conosco para sempre através de sua igreja, que somos nós, povo de Deus que peregrina na história. É a Igreja Comunidade, que continua a obra e a mensagem de Jesus no mundo. O que Jesus foi para seu tempo, devemos ser para nossos dias: verdadeiros, justos, fraternos e santos.
(Mt 10, 1- 42)

Jesus fundou a Igreja, reunindo apóstolos e discípulos que pudessem levar adiante a sua missão evangelizadora, enviando-os para que tornassem todos os povos seus seguidores. prometeu que estaria vivo e sempre o meio de nós, até o fim do mundo.
(Mt 28,16-20)

Para sermos Igreja de Jesus hoje, devemos viver em comunidade e assumir os seus ministérios, serviços e pastorais.
Realizar o anúncio profético de Jesus Cristo, morto e ressuscitado, como Boa nova do Reino de Deus e presença do amor salvífico e liberador de Deus.
Colocar nossa esperança e a força de nossa fé no Evangelho de Jesus, lendo, meditando e praticando a Palavra de Deus.
Viver preocupados e solidários para com os pobres, defendendo e promovendo seus direitos humanos fundamentais na sociedade, pois são os que mais sofrem, não tendo vez nem voz.
Estabelecer diálogo respeitoso com outros cristãos e com diferentes religiões e culturas.
(Jo 17, 20-26)


sábado, 29 de julho de 2017

Catecismo de Nossa Senhora (IV)



Ser cristão é ser batizado, seguir Jesus Cristo,, participar da vida da Igreja e transformar o mundo, de acordo com o projeto de Deus.
(Mc 1, 14-20)

É necessário sermos batizados porque, pelo batismo, renascemos para uma vida nova, unidos a Jesus Cristo e, como Ele, nos tornamos membros da Igreja.
(Jo 3,1-15)

Jesus Cristo é o filho de Deus, nascido da Virgem Maria, pela ação do Espírito Santo.
(lC 1, 26-38)

Jesus Cristo é Homem como nós, em tudo, menos no pecado. Ele nasceu em Belém, cresceu em Nazaré e, adulto, começou a anunciar o Reino de Deus, percorrendo toda a Palestina. Morreu e ressuscitou em Jerusalém.. Passou avida fazendo o bem.
(Mt 4,12)

Jesus se fez homem para mostrar o imenso amor que Deus tem por nós. Jesus anunciou que, na pessoa dele, o Reino de Deus, está no meio de nós. Convidou a todos para aceitarem o Projeto de Salvação, amando a Deus como nosso Pai, vivendo como irmãos e irmãs e representando a natureza criada por Ele.
(Jo 3,16-21)