sábado, 23 de fevereiro de 2013

Maria e as Bodas de Caná


Maria

A Virgem Maria foi misteriosamente preparada por Deus para que nela o Verbo Eterno pudesse se encarnar,  ou seja,  assumir a forma humana. 
Numa palavra simples, Deus a redimiu antes  da sua concepção em vista dos méritos do Cristo, que ela daria a luz. Logo, se alguém me demonstra biblicamente que N. Senhora caiu em contradição, portanto pecou, é só me mostrar a passagem bíblica...
Ex 1, 20 Ave,  Cheia de Graça, o Senhor é convosco.
Maria é plena da graça, da bênção de Deus Altíssimo, tornou-se misericordiosa de Deus e por seus desígnios, a Mãe do próprio Deus. Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Emanuel, o Deus conosco.
Lc 1, 39-45 A Cena da Visitação
A Virgem Maria é a Mãe de Jesus Cristo, o Filho e ao mesmo tempo a imagem do Deus que é Pai. Ele é o Emanuel, o Deus conosco, o Verbo Eterno que, na plenitude dos tempos desceu do Céu e se encarnou, ou seja, tomou a carne humana, no seio da Virgem Maria. 
Podemos afirmar, sem nenhum medo ou qualquer constrangimento, que a Virgem Maria é a Mãe de Deus. 
Esse é um mistério insondável diante do olhar da nossa compreensão humana. 
Por isso, se diz que N. Senhora é a Três Vezes Admirável: Filha predileta do Pai, Esposa do Espírito Santo e a Mãe de Jesus Cristo, o Deus feito homem. 
Já no Concílio de Éfeso, no ano de 431, a Igreja definiu essa verdade de fé, Maria é Mãe de Deus. Mais tarde, quando  estudei  Mariologia, eu pude compreender melhor essa questão, ou seja, N. Senhora se encontra num lugar muito especial dentro da história da Salvação. 
Ela se coloca à disposição de Deus  para que a Palavra, o Verbo Divino pudesse assumir a  nossa condição humana. 
Então, a Virgem Maria é o elo de união  nesse diálogo que se dá entre o Céu e a Terra. 
A divindade descida do Céu, encontro nela a humanidade, ou seja, nela o Verbo de Deus tornou-se  humano com qualquer um de nós.

Bodas de Caná
(O Rio nas Montanhas- Pe. Dermerval  Gomes)
Maria continua intercedendo por toda Igreja, porque é Mãe Misericordiosa porque caminha com a Igreja, com o povo que Jesus Cristo conquistou para Deus, com o seu precioso Sangue derramado  na Cruz, de cujo povo ela também é Mãe na ordem da graça. 
Embora leiamos em 1 Tm 2,5-6 : Pois há um só Deus, um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, homem que se entregou para resgatar a todos. 
Não podemos deixar de compreender que a mediação   de Jesus Cristo é única, pois Ele se dá através de Seu Poder Salvífico. 
É Ele, Jesus Cristo, que nos reconcilia com Deus Pai, através de sua morte dolorosa na Cruz e sua gloriosa Ressurreição na madrugada da Páscoa.
 Então, no sentido salvífico, de fato, é Ele o único Mediador, ou seja, o único Salvador. Entretanto, a única mediação de Cristo não exclui a mediação dos anjos, dos santos e, em especial, a mediação da Virgem Maria. 
Os quais intercedem, constantemente, diante de Deus e do Cordeiro, apresentando orações e súplicas bem como os louvores e ação de graças de toda a Igreja. 
Confira  o livro Ap 5,6-14.
O incenso com o seu aroma e sua fumaça que se espalha pelo ar é símbolo da oração de todos os santos, a Igreja de Deus é símbolo da oração de todos os santos, a Igreja de Deus, confira, por exemplo, o Salmo 140, 1-2. 
A Igreja é um mistério de amor que se inicia  no coração de Deus e se manifesta  na história humana, contudo ele se encaminha para muito além da História. 
Ele é a comunidade dos peregrinos que marcham, constantemente, de volta para Deus. E, nesse sentido, todos os justos, desde Adão e Eva, formam, no Céu, o coro dos bem aventurados, ou seja, a Igreja triunfante que intercede continuamente, por nós, que somos a Igreja peregrina ainda em luta contra as peripécias do mundo. 
Creio na Comunhão dos santos. 
Razão pela qual, a Igreja Católica jamais deixou de invocar a proteção de Maria Santíssima. A mais perfeita e  nobre criatura de Deus em todo o Universo.


Um comentário:

  1. Gracias Rocío del Cielo por tu visita, oremos,el
    mundo lo necesita mucho...Hoy lo hacemos por mediación de nuestra Madre Celestial.
    Un abrazo grande. Dios te bendiga.

    ResponderExcluir