sábado, 10 de outubro de 2015

O Esposo de Maria



De que maneira se fará o que me dizes,
Divino José?
Que meio se empregará na execução?
Avultará meu seio ao peso de uma concepção?
Sugará de meu peito a seiva que O sustente?
Fugi sempre ao contacto da carne!
Eternamente esposada,
Eu não tenho marido, tenho esposo!
(S. José de Anchieta)

0 comentários:

Postar um comentário