sábado, 17 de outubro de 2015

Perene Manancial


Por mais que procuraste, não achaste,
Na longa série dos antepassados, uma estrada
Que trilhar pudesses...
Voas mais alto a saciar-te no perene manancial
Donde decorre todo o bem, em Deus!
Tomando-te pela mãe ele te introduz na arca do seu peito
E te abre os seus cofres inexauríveis.
Aqui descobriste o preço da pureza,
Daqui procede a origem de tua virgindade.
Daqui , sequiosa, tiras os copos
Desse vinho fecundo
De que surge a legião das virgens!...
(S.José de Anchieta)

0 comentários:

Postar um comentário