sábado, 19 de agosto de 2017

Catecismo de Nossa Senhora (VI)



O que nos sustenta para sermos Igreja hoje, é a oração, feita em particular, e com os irmãos, na comunidade; a participação nos sacramentos, principalmente na Eucaristia, momento crucial da vida cristã.; o testemunho missionário, a luta pela justiça e solidariedade.
Mt 6,5-15)

O amor e a devoção à Nossa Senhora ajudam a sermos Igreja porque Maria e a Mãe de Jesus,que coopera na realização de sua obra salvadora, é nossa Mãe espiritual, uma vez que somos irmãos de Jesus Cristo, pela graça.
(Jo 2,1-12)

Nossa Senhora da Conceição Aparecida está continuamente socorrendo seus devotos em suas necessidades espirituais e animando a esperança de seu povo, sobretudo daqueles que sofrem. Representada, em seu Santuário pela pequena Imagem negra da Virgem da Conceição, ela está viva e glorificada no céu, intercedendo por nós junto de Deus.
Ela mede  36 cm de altura, pesando 2.550 quilogramas.Sua negritude se deve, primeiramente à fumaça das velas queimadas em seu louvor e, depois, à permanência da Imagem, em dois pedaços, durante muito tempo, no fundo lodoso do rio Paraíba do Sul. Além disso, a tonalidade escura identifica-a com o povo brasileiro, em suas características raciais. Naquele momento histórico da escravidão, Maria surgiu como Rainha em forma de escrava para que os escravos se tornassem livres.

Em outubro de 1717, João Alves, Domingos Garcia e Felipe Pedroso, durante uma histórica pescaria, encontraram primeiro o corpo, depois a cabeça de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. Após este encontro, os três humildes e benditos pescadores foram recompensados com uma prodigiosa pescaria. Agradecidos, eles a chamaram de Nossa Senhora Aparecida, porque foi pescada pelas suas redes.
(continua)

0 comentários:

Postar um comentário