quinta-feira, 3 de maio de 2018

Silêncio de Maria


S ilencio o meu coração
I lumina-se  a minha mente
L embrando tanto amor derramado
E união desejo somente 
N unca o desespero
C resça em meu ser
I maginando
O pior


D epois de tanto lutar em vão
E desapegue o meu pobre coração

M aria, mãe da Misericórdia
A legra o meu ser reservado
R eine em minhas ações
I nterceda por mim, por todos  e pela discórdia
A Jesus amado!
(Roselia Bezerra)



0 comentários:

Postar um comentário