quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Menino Jesus de Praga

Menino Jesus de Praga
                                                              https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/2c/Infant_Jesus_of_Prague.jpg/220px-Infant_Jesus_of_Prague.jpg
Menino Jesus de Praga é famosa imagem de Jesus menino venerada na Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, em PragaRepública Checa.
1.      Acredita-se que a imagem tenha sido esculpida no século XVI na Espanha, num mosteiro entre Córdoba e Sevilha, como uma cópia de uma outra estátua do local. Ali foi adquirida por Dona Isabela Manrique de Lara y Mendoza, que a deu como presente de casamento à sua filha Maria Manrique de Lara, quando esta desposou o nobre checo Vojtech de Pernstejn. Mais tarde a imagem foi transmitida à geração seguinte também como dote de casamento, quando sua filha Polyxena casou-se em primeiras núpcias com Vilem de Rozumberk. Permaneceu na posse de Polyxena até sua morte, quando foi doada aos Carmelitas Descalços de Praga, sendo instalada no oratório do seu mosteiro, onde recebia homenagens especiais duas vezes ao dia. Com a eclosão da Guerra dos Trinta Anos as devoções foram suspensas, e em 15 de novembro de 1631 as tropas de Gustavo Adolfo da Suécia tomaram as igrejas da cidade. O mosteiro foi saqueado pelos soldados protestantes e a imagem do Menino Jesus foi lançada em um monte de entulho detrás do altar. Ali permaneceu até ser reencontrada em 1637, com os braços quebrados. Depois de seu restauro foi reentronizada e voltou a receber a devoção dos fiéis, sendo coroada pelo Bispo de Praga em 1655, evento que é relembrado anualmente por uma Missa festiva no dia da Ascensão.
A estatueta tem 47 cm de altura e é feita de cera, com um núcleo de madeira. Os devotos têm ao longo do tempo ofertado muitos vestidos ricamente bordados, que são trocados ocasionalmente. Sua fama de produtora de milagres data desde quando ainda pertencia à família espanhola, e os prodígios que operaria, segundo os que creem, não cessaram de se multiplicar até o presente, tornando-se uma devoção extremamente popular não só na cidade, mas se espalhando por todo o mundo católico. A imagem vem sendo disseminada largamente através de réplicas e folhetos impressos. Anualmente milhares de peregrinos vão a Praga prestar suas homenagens a Jesus sob esta invocação, pedir graças e agradecer outras já recebidas, e em muitos lugares foram fundados debaixo de sua proteção templos e grupos de oração. O nome foi dado a sede e o anexo do colégio Menino Jesus de Praga, a sede tem a mesma estátua.



domingo, 8 de setembro de 2019

Natividade de Maria





Hoje é comemorado o dia em que Deus começa a pôr em prática o Seu plano eterno, pois era necessário que se construísse a casa, antes que o Rei descesse para habitá-la. Esta “casa”, que é Maria, foi construída com sete colunas, que são os dons do Espírito Santo.
Deus dá um passo à frente na atuação do Seu eterno desígnio de amor, por isso, a festa de hoje, foi celebrada com louvores magníficos por muitos Santos Padres. Segundo uma antiga tradição os pais de Maria, Joaquim e Ana, não podiam ter filhos, até que em meio às lágrimas, penitências e orações, alcançaram esta graça de Deus.
De fato, Maria nasce, é amamentada e cresce para ser a Mãe do Rei dos séculos, para ser a Mãe de Deus. E por isso comemoramos o dia de sua vinda para este mundo, e não somente o nascimento para o Céu, como é feito com os outros santos.
Sem dúvida, para nós como para todos os patriarcas do Antigo Testamento, o nascimento da Mãe, é razão de júbilo, pois Ela apareceu no mundo: a Aurora que precedeu o Sol da Justiça e Redentor da Humanidade.
Nossa Senhora, rogai por nós!

domingo, 18 de agosto de 2019

Nossa Senhora do Equilíbrio

Nossa Senhora: Mãe do Equilíbrio Cristão

   
Há devoções marianas carregadas com uma grande mensagem, que, se soubéssemos, seria motivo para ir a Maria e perguntar-lhe o que significa o título. A invocação de 'Nossa Senhora do Equilíbrio' é para o nosso tempo. Assim Paulo VI disse, tão animado, quando em 1968 foi-lhe dada uma cópia: "É, precisamente, o que nós precisamos agora".


original foi encontrado em 1967, em um sótão de uma abadia, o Frattocchie, perto de Roma. O retábulo da Virgem tinha esta inscrição: Santa Maria do Equilíbrio. A imagem da Virgem está de pé com as palmas das mãos em frente, mantendo uma posição de equilíbrio.
O Papa considerava providencial aquele encontro e teria se confiado a Maria sob este novo título de 'Nossa Senhora do Equilíbrio', pois passava por momentos cruciais, visto que havia alguns radicalismos da Igreja nas aplicações do Concílio Vaticano II. Com razão, disse um ditado conhecido: "a virtude está no meio, quando os extremos são viciosos".
No mundo de hoje, onde o estresse afeta muitas pessoas, com o agravamento de alguns desastres psíquicos como consequência, vemos a necessidade de serenidade, tranquilidade, equilíbrio nas pessoas. Olhando para Maria, vemos uma tranquilidade impressionante, quando ela recebe o grande anúncio de que é escolhida entre todas as mulheres para ser a Mãe do Salvador.
Ela não pula enlouquecida com a notícia, nem se abate pela grande dignidade que lhe foi confiada, mas com autocontrole e autodomínio pede explicação ao anjo de como se realizaria aquele mistério. Depois de receber a explicação, aceita-o com máxima serenidade, e, como se fosse uma simples menina, se colocou disponível para sua prima Isabel. Guitton afirma da Virgem Maria: "Maria é uma mistura de graça e gravidade, sorriso e seriedade, de jovialidade e holocausto, de música e silêncio, de pureza e fertilidade ... um universo filigrana."
Todos passamos por momentos dramáticos na vida, mas nem todos reagimos da mesma forma: os desequilibrados se desesperam e se revoltam; os equilibrados sabem ver em cada situação da vida a mão providencial de Deus, que não deixa de ser tão misterioso e, ao mesmo tempo, que é amoroso.
Maria passou por momentos de dura provação, mas não se rebelou e nem se queixou, mas aceitou. Ela sofreu incompreensões em Nazaré,  em Belém, no Calvário. "A Nossa Senhora do Equilíbrio, pedimos o que precisamos em grandes doses de paciência, paz, calma, tranquilidade, harmonia, paz. Como regra geral, o equilíbrio". (Padre Tomás Rodríguez Carbajo).
História
Num dia de 1967, um monge da abadia de Fattochie, em Roma, rezava distraidamente. Vinha-lhe à mente, de modo obsessivo, a palavra 'equilíbrio'. Saindo da Capela, foi ao sótão do mosteiro para colocar algumas coisas em ordem. De repente, caiu-lhe nas mãos uma rude e compacta tábua sobre a qual estava fixada uma chapa metálica oxidada com o relevo de uma orante.
Inspiradamente exclamou: Santa Maria do Equilíbrio. E entregou-a ao monge Armando Paniello, que a reproduziu numa estampa com um vestido amarelo, frisado, e longo, véu azul, da cabeça aos pés, braços e mãos estendidos verticalmente até o colo, pés descalços, como que a admoestação, nesta posição hierática, um espiritual equilíbrio.
Em 19 de setembro de 1968, Dom Armando solicitou uma audiência com o Papa Paulo VI. Ao receber a estampa, o Pontífice, radiante e de braços abertos exclamou:
“Santa Maria do Equilíbrio! Ah, é justamente dela que se precisa!”.
- “Qual deve ser o dia de sua festa?” – perguntou-lhe o monge, ao que responde o Papa:
- “Dela não existe uma festa, porque deve ser invocada da manhã à noite”.

Oração a Nossa Senhora do Equilíbrio
“Virgem Mãe de Deus e dos homens,
Pedimos-vos o dom do equilíbrio cristão,
hoje tão necessário à Igreja e ao mundo.
Livrai-nos de todo o mal;
salvai-nos do egoísmo, do desânimo, do orgulho,
da presunção e da dureza de coração.
Dai-nos tenacidade no esforço,
calma no insucesso, humildade no êxito feliz.
Abri nossos corações à santidade.
Fazei que pela pureza de coração,
pela simplicidade e amor à verdade,
possamos conhecer nossas limitações.
Alcançai-nos a graça de compreender
e viver a palavra de Deus.
Concedei-nos que, pela Oração, Amor e Fidelidade à Igreja
na pessoa do Sumo Pontífice, vivamos em comunhão fraterna
com todos os membros do Povo de Deus, Hierarquia e fiéis.
Despertai-nos profundo sentimento de solidariedade entre irmãos,
para que possamos viver, com Equilíbrio, a nossa Fé,
na Esperança da eterna salvação.
Nossa Senhora do Equilíbrio, a Vós nos consagramos,
confiantes na ternura da vossa
Assim seja, amém.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Nossa Senhora da Alegría



Senhora da alegria,
olha a minha audácia:
na singeleza da minha oração,
eu te dou a minha alegria.
Como é bom ser alegre.
Obrigado Senhora! Foi teu dom.
Como é agradável ter a alma em paz.
Ela é tua também.
Como é maravilhoso ter a alma branda...
Razão de ser de toda alegria.
Senhora, nos dias ensolarados
e nas noites entreabertas,
um sorrir sincero indique
a alegria sempre em mim.
Que eu saiba sorrir a Ti
em todas as circunstâncias da vida,
nas festas, nas tormentas,
no meu próximo.
Sorria eu, Senhora,
para aprender com Tua/Teu salmista
a servir a Senhora, na alegria.
Que assim seja
em nome de Teu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém.